24 NOVEMBRE

 

 

 

CRISTOVAM FRANCISCO FLORES (fratello)

 

n. Piracicaba, MG 24.7.1925,

pr. 1963

m. Campinas, SP 24.11.2010

(a. 85)

 

Realizzò la sua consacrazione al Signore servendolo in varie comunità come tipografo, catechista, missionario, assistente dei malati. Sempre con disponibilità e zelo e infondendo gioia. Aveva una particolare devozione alla Madonna, che diffondeva costruendo rosari giorno e notte con semi della foresta brasiliana, per cui era detto "il fratello del rosario".

 

85 anos

Cristóvam nasceu em Pirapora – MG aos 24 de julho de 1925. Já trabalhava como tipógrafo em Marília – SP quando entrou para a Congregação em 1956. Sua 1ª profissão foi aos 08 de dezembro de 1957 e a profissão perpétua aos 09 de dezembro de 1963.
Em Casa Branca, na Casa de Formação para os Irmãos Coadjutores estigmatinos, trabalhou como tipógrafo-chefe, contratando um bom número de funcionários leigos, até que a Tipografia fosse fechada. Naquela comunidade permaneceu até 1993. Viveu em Barretos de 1994 até o ano 2000, quando foi transferido para a comunidade da Fazenda Santana (Corumbataí-SP), onde residiu até a sua morte. Convém também lembrar que, no período de agosto de 1971 até o fim de 1974, integrou a Equipe Missionária da Província Santa Cruz, que na ocasião tinha Casa Branca como sede. Foi também catequista e cuidador de doentes. Zeloso apóstolo sempre encontrava meios para divulgar os ensinamentos e amor de Jesus Cristo. Caracterizou-se como o religioso dos terços; fazia-os dia e noite e por meio de seus trabalhos divulgou a devoção a Nossa Senhora. Foi sempre um religioso estigmatino muito dedicado, disponível e acolhedor. Pessoa que sabia alegrar qualquer ambiente de que tomasse parte.
Sofria de diabetes e problemas cardíacos. Faleceu no Hospital Santa Edwiges, em Campinas, SP. Estava internado há vários dias tratando de um AVC. Na madrugada do dia 24 de novembro de 2010 foi levado para a UTI. Não resistiu a complicações pulmonares e foi para o Pai às 7.30 horas